terça-feira, 2 de abril de 2013

Dieta, ausência, saúde, percalços, positividade e retomada

Oi, pessoas. Tudo bem?

Vocês devem ter percebido que dei uma sumida, ao menos espero que tenham sentido a minha falta…hahaha. Várias coisinhas aconteceram e infelizmente tive que me afastar do blog. Dentre elas uma gripe ultra forte que mais parecia uma dengue e até os médicos questionavam. Fiquei de cama praticamente uma semana. Nesse período fiquei dois dias sem comer absolutamente nada e o apetite não voltou durante umas duas semanas. Falei para a médica que gordinho quando não tem fome tem alguma coisa muito errada..kkk. E não é verdade?

Quinze dias antes de ficar doente havia começado a fazer dieta (cheguei a postar uma fotinha de comida no Instagram @papomulherzinha), o que segundo um dos médicos acabou prejudicando a minha reabilitação e por esse motivo deveria parar com a dieta até que estivesse realmente bem.

20130309_162726

Confesso que foi um balde de água fria pra mim, pois estava extremamente focada e conseguindo resultado graças à minha força de vontade que não era pouca. Isso foi inédito pois toda dieta que eu começava não chegava no meu objetivo e acabava deixando pra lá e engordando novamente. Além disso não estava tomando remédio algum para auxiliar no processo, o que também é um grande feito diante a minha trajetória de já ter tomado de tudo para conseguir o tão sonhado peso ideal.

Em uma das minhas visitas ao Hospital encontrei o ex-marido da minha mãe esperando uma vaga nos quartos, pois estava bem fraquinho e com muitas dores. Fiquei assustada quando o vi, pois estava muito debilitado. Depois de 15 dias, na última Sexta-Feira Santa veio a falecer. Fiquei muito mal, pois era uma pessoa super do bem, muito amigo e tínhamos um convívio muito próximo. Ele e minha mãe nunca deixaram de ser amigos, companheiros… um ajudava o outro e nada os separava. Ele era extremamente religioso. Espero que Deus ilumine o seu caminho e faça o processo ser o mais tranquilo possível para ele.

Diante tudo resolvi sacudir a poeira e me banhar em positividade. Hoje voltei à dieta e espero conseguir manter o foco até o fim. Vou procurar postar coisinhas relativas no Instagram do blog e no pessoal (@myroviski), e espero que sirva de apoio para seguir adiante sem pestanejar e ajudar quem tem o mesmo objetivo.

Sempre resisti a postar sobre emagrecimento no blog por puro medo de fracassar e deixar exposto o meu erro pra todo mundo, mas resolvi mudar o pensamento e seguir adiante. Acredito que a força positiva da maioria será muito mais importante para todos que precisam alcançar o mesmo que eu.

Já fiz diversas dietas ao longo dos anos, deste Dukan até Vigilantes do Peso, e apesar de ter a consciência de que o melhor seria a reeducação alimentar, optei pela Dieta das Proteínas por ter um resultado mais rápido e que me proporcione motivação com os resultados, mantendo a saúde acima de tudo. Talvez eu faça por um período e depois faça a reeducação alimentar.

Hoje vou ao endocrinologista para ter uma opinião mais concreta, avaliar o meu hipotireoidismo e os exames que fiz que aliás estão ok.

Resolvi fazer essa dieta depois de ler uma reportagem que saiu na Veja e a minha irmã me enviou para nos motivarmos a emagrecer: Diário de uma ex-gorda. Fernanda Thedim é jornalista da Revista Veja e foi voluntária para a Veja Rio em uma processo parecido com o do Ronaldo Fenômeno para o Fantástico. Ela emagreceu 45kg em 7 meses. Veja no quadro abaixo os resultados:

É ou não é para motivar? Não preciso emagrecer tudo isso, e então pensei: “Se ela conseguiu emagrecer 45kg porque eu não conseguiria a metade ou um cadinho mais?”

Alguém aí está precisando chacoalhar a vida e dar uma guinada? Então vamos juntos nessa. Bola pra frente, e força na peruca.

Bjuuus